Meus Olhos

" As palavras só têm sentido se nos ajudam a ver o mundo melhor. Aprendemos palavras para melhorar os olhos."
*Rubem Alves*

Olhares Diversos

24 de out de 2010

Fresta

Em meus momentos escuros
Em que em mim não há ninguém,
E tudo é névoas e muros
Quanto a vida dá ou tem,
Se, um instante, erguendo a fronte
De onde em mim sou aterrado,
Vejo o longínquo horizonte
Cheio de sol posto ou nado
Revivo, existo, conheço,
E, ainda que seja ilusão
O exterior em que me esqueço,
Nada mais quero nem peço.
Entrego-lhe o coração.

Fernando Pessoa

2 comentários:

Doce Melodia disse...

Lindos os textos que escolhes para esse blog mágico!
Adoro caleidoscópios... procuro um pra mim há tempo... um dia ainda fabrico o meu. rs

Beijo n'alma!

Álly

Cristiane disse...

Obrigada, Álly! Escolho com carinho, realmente, para TODAS nós, que apreciamos belas obras de arte!