Meus Olhos

" As palavras só têm sentido se nos ajudam a ver o mundo melhor. Aprendemos palavras para melhorar os olhos."
*Rubem Alves*

Olhares Diversos

2 de nov de 2010


Como doem as perdas
Para sempre perdidas
E portanto irremediáveis
Transformadas em memórias
Iguais pequenos paraísos-perdidos

Caio F. Abreu

7 comentários:

Malu disse...

Lindo demais , Cris !

Adoro Caio , não conhecia essa passagem ...


Bjo Grande e um Dia de Paz.

Flor de Lótus disse...

As perdas doem sempre, sejam elas para sempre ou um até breve, perder é algo que não nos ensinam,mas diante da vida devemos estar sempre preparados para elas, afinal elas são inevitáveis...
Beijos

meus instantes e momentos disse...

como é bom voltar ao teu blog.
Maurizio

Leandra Bárbara disse...

Obrigada Cris!!!Seu blog também é especial.Tenho feito do blog um espaço de cura pra mim,compartilhando as maravilhas que as ppalavras escritas podem nos trazer.Bjn!!To aq com vc...

Ingrid disse...

Saudade...
beijos.

Doce Melodia disse...

É o Éden de cada um... tão intrínseco...
Considero que minha adolescência é um paraíso para sempre perdido... Perdi-a em livros espalhados em bibliotecas por aí... dá até pra escrever um poema. kkkk

=)

Cristiane disse...

Apesar de algumas postagens maravilhosas de vários poetas, nem sempre concordo. Mas aqui é um espaço para divulgação e livre expressão da arte.Eu acredito que pra toda perda, há um achado: há um "paraíso perdido encontrado"! Melhor assim...;)