Meus Olhos

" As palavras só têm sentido se nos ajudam a ver o mundo melhor. Aprendemos palavras para melhorar os olhos."
*Rubem Alves*

Olhares Diversos

23 de nov de 2010

Se Ele Apenas

Diz a lenda que o poeta
Li Po afogou-se na noite
em que embriagado
quis agarrar a Lua
sobre o lago.
É lenda, bem se vê.

Pois a verdade é que
a Lua teria seguido o
poeta a qualquer canto
se ele apenas a tivesse
chamado. 

Marina Colasanti

18 comentários:

Maria Rita disse...

Esta lua vive a inspirar minhas letras, e por certo tomo cuidado para não me afogar em meio ao sentir.

Lindo!

Beijos pra Ti

Cristina disse...

Quantas vezes esperamos ser chamadas e ficamos assim, apenas esperando...
Tem que ter coragem de chamar também!
Lindo texto
Bjosss

Regina Laura disse...

Mas que lindo Cris!!!
Amo Marina Colassanti.
Tentar agarrar o que se quer: primeiro passo para perder o que se tem sem esforço algum...
AMEI!
Beijo grande

Marcos de Sousa disse...

Amei. Lindo demais esse texto.

Beijos

Kamila Behling disse...

Bonito e profundo, não?! hehe
Gostei =)

beijo pra ti, Cris =*

disse...

Ah, se sempre soubéssemos como fazer... Beijos, querida!

Franck disse...

Deixo-te esse poeminha:
A lua
tão minha
provoca-me.
Quer me dá nessa noite
a solidão
tão sua.
(by, franck)

Bjs*

Cristiane disse...

A lua sempre inspiradora!! Ahhh a lua! Lindo poema, Frank. Obrigada, querido. Bjs enluarados.

Pietra Mariah! :) disse...

Lindo poeminha mesmo flor.
é essa lua toda linda e sempre inspiradora. =D
Beijo, e boa semana! :*

Luna Sanchez disse...

Ela teria ido com ele, bastava um convite, tenho certeza. ;)

Beijo, beijo.

ℓυηα

Tere disse...

oi amiga, tem selinho pra vocÇe.bjus tere.

Pelos caminhos da vida. disse...

Lindo Cris...

Bom dia!

beijooo.

ValeriaC disse...

Que lindo...
A Lua sempre a exercer fascínio e inspiração...
Doce dia...beijinhos
Valéria

Ingrid disse...

Lua bela Lua..
inspiradora de amores ..
beijinhos.

Solfejando poesia disse...

Um poema para ti:, que eu simplesmente amo!

Ismália

Alphonsus de Guimaraens

Quando Ismália enlouqueceu,
Pôs-se na torre a sonhar...
Viu uma lua no céu,
Viu outra lua no mar.

No sonho em que se perdeu,
Banhou-se toda em luar...
Queria subir ao céu,
Queria descer ao mar...

E, no desvario seu,
Na torre pôs-se a cantar...
Estava perto do céu,
Estava longe do mar...

E como um anjo pendeu
As asas para voar...
Queria a lua do céu,
Queria a lua do mar...

As asas que Deus lhe deu
Ruflaram de par em par...
Sua alma subiu ao céu,
Seu corpo desceu ao mar...

Cristiane disse...

NOssa. Que lindo,Álly. A lua é sinônimo de amores, sonhos, mar e luz. AMO a lua. Obrigada, amora. Qualquer hora postarei esta poesia tbm! :))

Cantinho She disse...

Que lindoooooooooo! Amei!
Bjo, bjo

Ana Luz disse...

Nossa! Há tempos não leio a Colasnti! Que lindo texto...