Meus Olhos

" As palavras só têm sentido se nos ajudam a ver o mundo melhor. Aprendemos palavras para melhorar os olhos."
*Rubem Alves*

Olhares Diversos

1 de dez de 2010

Teus olhos têm uma cor
de uma expressão tão divina,
tão misteriosa e triste.
Como foi a minha sina!!!

É uma expressão de saudade
vagando num mar incerto.
Parecem negros de longe...
Parecem azuis de perto...

Mas nem negros nem azuis
são teus olhos meu amor...
Seriam da cor da mágoa,
se a mágoa tivesse cor.


Florbela Espanca

6 comentários:

Chris Ribeiro disse...

Perfeito, trenzim!
Adorei o blog.

Bjim.

AC disse...

Terá cor a sensibilidade?
Se tivesse, a de Florbela Espanca seria muito viva...

Ingrid disse...

O olhar do nosso amor!.. nada se compara..
bela escolha Cris..Eterna Florbela..
Beijosss..

Ana Luz disse...

Triste esse poema da Florbela!!!
Mas ainda assim é muito belo...

Dario B. disse...

Florbela me emociona sempre, tem esse dom.

. disse...

Sempre que leio algum poema sobre olhar, lembro logo do seu cantinho. Te adoro Cris, Otimo restinho de domingo pra ti! :*