Meus Olhos

" As palavras só têm sentido se nos ajudam a ver o mundo melhor. Aprendemos palavras para melhorar os olhos."
*Rubem Alves*

Olhares Diversos

2 de set de 2010

Carta

É fato que fomos. Mas seria muito esquisito me despedir de você cumprindo todos os pré-requisitos dos dramas clássicos. Prefiro acreditar que você foi uma chuva precipitada que eu só tive coragem de experimentar por detrás da vidraça. Assim, como já fizemos tantas vezes com outras pessoas.Também queria te dizer que só vou me entregar à outra narrativa quando ela se tornar uma história coesa, coerente, bem elaborada. Renuncio desde agora às relações em que todos os passos levam apenas a um contato irremediavelmente externo com a palavra.Eu gosto mesmo é de misturar agudezas com tons graves. Bem se vê na escala cromática dos meus sentimentos.Meus amarelos tão vivos, primitivos.Meus vermelhos tão trêmulos. Minhas cores acesas, em brasa.(...)

Marla de Queiroz

2 comentários:

Ana Luz disse...

Você tem toda razão. A Marla é vibrante e escreve em tom infinitamente belo e verdadeiro.

Estou apaixonada por ela também. E o que ela escreveu nesse texto me atingiu na boca do estômago. Estou passando por isso, amiga... mas já avisei à pessoa em questão (a tal da chuvinha):

"Palavras? Elas vão com o vento - agora quero vê-lo em atos, quero seus passos em minha direção. Me mostre, não fale."

beijos!

Cristiane disse...

Ela é demais! Escreve muito bem mesmo. Elogiadíssima pela Lya Luft também! :)