Meus Olhos

" As palavras só têm sentido se nos ajudam a ver o mundo melhor. Aprendemos palavras para melhorar os olhos."
*Rubem Alves*

Olhares Diversos

2 de nov de 2010

Serenata

" ... Permita que eu feche os meus olhos,
pois é muito longe e tão tarde!
Pensei que era apenas demora,
e cantando pus-me a esperar-te.
Permite que agora emudeça:
que me conforme em ser sozinha.
Há uma doce luz no silencio,
e a dor é de origem divina.
Permite que eu volte o meu rosto
para um céu maior que este mundo,
e aprenda a ser dócil no sonho
como as estrelas no seu rumo ... "

Cecília Meireles

6 comentários:

Doce Melodia disse...

Olá, amiga. Lindo esse poema, já o postei em meu blog... lá são raros os escritos de outros autores, mas a maior parte do que escrevo é plágio. rs
Beijos!

Cristiane disse...

Nâo creio! Jura? Mas dizem que os poetas apenas escrevem de diferentes maneiras outros poemas...Rs Serve de consolo? ;)

Ana Luz disse...

Passei rapidinho pra dizer que estou com saudades... e que essa imagem brilhante é pura LUZ, beleza pura! Adorei!

Cristiane disse...

Sua cara, né amiga?! LINDA!

Doce Melodia disse...

Ah, Cris... consolou-me sim. rs
Vc sempre com as delicadezas de dedos enrolando um cachinho de cabelo. rsrs
Eu acho isso tão delicado...

;*

Gisélia Silveira disse...

Que coisa linda é essa hein!
Interesante esse seu jeito de por fragmentos de textos de vários autores, pois nos dá a oportunidade de conhecer de uma forma rápida a lama do autor..

ABraço com muiiito carinho!