Meus Olhos

" As palavras só têm sentido se nos ajudam a ver o mundo melhor. Aprendemos palavras para melhorar os olhos."
*Rubem Alves*

Olhares Diversos

25 de dez de 2011

Desmemoriado

Não é que seja exatamente corajoso, meu coração tem é isso de bom: não ocupa espaço com mágoas e, com o tempo, ele se tornou desmemoriado pra assuntos de frustração. Quando me dou conta, lá está ele amando de novo, sorriso de orelha a orelha, com tal frescor que parece que nunca foi ferido.
 Ana Jácomo

3 comentários:

Fernando Santos (Chana) disse...

As paixões são como ventanias que sopram as velas dos navios, fazendo-os navegar; outras vezes podem fazê-los naufragar, mas se não fossem elas, não haveriam viagens, nem aventuras, nem novas descobertas.

Autor: Voltaire

Cumprimentos

Ana G. disse...

Acabei de ler um livro espetacular. Pequeno, mas de conteúdo infinito! Fala sobre o Perdão - a cura para todos os males (de Gerald G. Jampolsky). É exatamente a "pedra fundamental" disso que a Jácomo descreve aqui nesse teu belo post! A gente perdoa, não se alimenta de sentimentos tóxicos e se abre sempre e eternamente para o amor. Nota mil... :-)
Beijos!!!

Ana G. disse...

PS: copiei...! rsrsrs