Meus Olhos

" As palavras só têm sentido se nos ajudam a ver o mundo melhor. Aprendemos palavras para melhorar os olhos."
*Rubem Alves*

Olhares Diversos

16 de set de 2010

"Que você acredite que não me deve nada simplesmente porque os amores mais puros não entendem dívida, nem mágoa, nem arrependimento. Então, que não se arrependa. Da gente. Do que fomos. De tudo o que vivemos. Que você me guarde na memória, mais do que nas fotos. Que termine com a sensação de ter me degustado por completo, mas como quem sai da mesa antes da sobremesa: com a impressão que poderia ter se fartado um pouco mais. E que, até o último dia da sua vida, você espalhe delicadamente a nossa história, para poucos ouvintes, como se ela tivesse sido a mais bela história de amor da sua vida. E que uma parte de você acredite que ela foi, de fato, a mais bela história de amor da sua vida."

Tati Bernardi

2 comentários:

Ana Luz disse...

Lindo e perfeito texto da querida Tati, encaixa como uma luva para minha história com "vc sabe quem".

Mas quem nunca viveu um amor lindo assim?

Tenho certeza, inclusive, que o nosso ainda não terminou.

Saímos da mesa bem antes de serem servidos os doces... e ainda deixamos o copo cheio de vinho para degustar.
Falta muito pra terminar.
Se é que termina algum dia...

Bjs com amor!

Cristiane disse...

É Lu, quem nunca teve um amor assim? Desses que não acabam...que ficam sempre como a mais bela sensação de que sempre há algo para ser (re)vivido, prq ainda há mt o que se viver.